Saiba por que uma argamassa de qualidade pode fazer a diferença na sua obra

A argamassa é um produto constituído por cimento, cal hidratada e areia. Atualmente, as indústrias acrescentam aditivos químicos e minerais para substituir a cal. A finalidade da argamassa é unir os materiais que compõem uma obra e/ou reforma civil. Isto é, ela serve para aderir tijolos, blocos de alvenaria, pisos e contrapisos, dando rapidez e qualidade na construção.

Neste post você vai entender por que uma argamassa de qualidade pode fazer a diferença na sua obra ou reforma. Ficou curioso? Continue lendo!

Protege a base da sua obra

O chapisco é um tipo de argamassa fina, cuja finalidade é preparar a base de qualquer construção, tornando-a mais rugosa e homogênea para a absorção de agentes agressivos como água, vento, contaminantes atmosféricos e qualquer fator que comprometa aquela base.

Esse produto absorve as deformações que os elementos estruturais e os blocos de alvenaria não conseguem evitar. Ou seja, não apresentam fissuras durante a execução da obra, tornando a base mais segura e apta para as etapas seguintes, como levantar as paredes, por exemplo.

Contribui para o isolamento térmico e acústico

Uma obra de qualidade além de segura deve ser protegida das variações de temperatura e ruídos externos. Para isso, usa-se uma camada mais grossa de argamassa, conhecida como emboço. Além de unir os tijolos, aumenta-se a espessura da parede, tornando-a segura do calor, do frio e dos barulhos vindos de fora.

Facilita o acabamento

Mais do que proporcionar rapidez, segurança e isolamento térmico e acústico, uma argamassa de qualidade facilita a etapa de acabamento.

O emboço consegue aperfeiçoar a obra, devido à estanqueidade à água e aos gases. Em outras palavras, a argamassa consegue ser isenta de furos, trincas ou porosidades que deixam entrar ou sair o conteúdo aplicado do acabamento.

Para melhorar a pintura de uma parede ou assentar um piso, deve ser utilizado o reboco. Trata-se de uma fina camada aplicada após o emboço, tornando a parede mais homogênea e apta para as tarefas finais da construção. Muitas vezes, também é utilizado como acabamento.

Nem sempre preço alto é sinônimo de maior qualidade

A argamassa garante rapidez na construção, segurança contra agentes externos, gera conforto e facilita o acabamento. Logo, um produto de qualidade é a chave para o sucesso de qualquer obra. Qualidade, entretanto, não pode ser confundida com preço alto. Pessoas são condicionadas a comprar produtos que estão em evidência no mercado ou pelo preço alto. No caso da argamassa, qualidade nem sempre é sinônimo de preço alto. A dica é estar atento às marcas vendidas. Compare preços, pesquise sobre as marcas e esteja atento às novidades do mercado, há marcas de excelente qualidade e baixo custo. Procure saber sobre os clientes que as usam e o que eles têm a dizer sobre o produto.

Tenha sempre uma equipe qualificada e comprometida na execução da obra, para que eles saibam aplicar as camadas daquele produto de acordo com as normas técnicas estabelecidas.

Com essas dicas, será possível melhorar a execução da obra de forma simples e rápida, sempre cuidando da qualidade. E então, você ainda tem alguma dúvida ou quer compartilhar alguma sugestão? Escreva para nós através dos comentários!

Conheça e entenda os diferentes tipos de argamassa

A argamassa é um produto importante e fundamental em qualquer construção. Se você tem a intenção de adquirir essa mistura para assentar o piso de seu imóvel ou colocar os azulejos das paredes de alguns ambientes em seu apartamento, por exemplo, possivelmente vai se deparar com a dúvida de qual seria o tipo certo para comprar. A mistura é básica para qualquer intuito: água, cimento e areia. Mas há uma espécie de argamassa específica para cada serviço que for realizado em sua casa, você sabia? Que tal conhecer esses tipos e não errar na sua obra?

A argamassa para assentamento de alvenaria

Este é um modelo basicamente estrutural de argamassa, utilizado para unir blocos e tijolos nos tradicionais serviços de alvenaria. Uma de suas funções é a proteção de paredes e tetos, pois a argamassa faz uma impermeabilização das superfícies. O material é aplicado com instrumentos específicos, como a colher de pedreiro ou por meio de bisnagas sobre o local de instalação, em áreas recém-construídas.

A argamassa para revestimento

Duas ou três camadas são aplicadas normalmente para nivelar a estrutura e protegê-la. A primeira demão é chamada de chapisco, que cobre a aderência das outras camadas; a segunda fase é o emboço, que recheia os buracos e aplaina a superfície; e a terceira demão, que é opcional, chamada de reboco, acomoda um diferencial estético ao projeto. Existem estruturas, como muros e paredes simples de sustentação, onde o planejamento pode ter parado na ideia de chapisco; o revestimento pode contar ainda com outras possibilidades interessantes, como acabamentos em textura, pinturas especiais, massa corrida, aplicação de pedras, entre outras soluções.

A argamassa para assentar revestimentos

Muitas vezes o projeto de um ambiente prevê a colocação de azulejos, pedras de granito ou de mármore, ladrilhos, cerâmica e demais revestimentos, com funções claramente estéticas. Em geral, essas peças são assentadas sobre o nível de emboço. Já nas soluções para o piso de um ambiente, é bastante comum aplicar uma camada de contrapiso (ou seja, uma argamassa acamada para regularizar e nivelar o chão).

As argamassas industrializadas

Muito comuns no mercado, esses tipos são uma mistura já preparada para facilitar a mão de obra no serviço de construção, bastando adicionar água à massa. Está bastante voltada para a aplicação de revestimentos cerâmicos e demais coberturas, ficando popularmente conhecidas como argamassas colantes. Apresentam também diferentes subtipos:

Argamassa AC-I

A argamassa AC-I resiste bem aos esforços, à temperatura e à umidade de ambientes internos. Por isso, seu uso é aconselhável para os pisos e azulejos de áreas molháveis de residências, a não ser as saunas, churrasqueiras e estufas, por exemplo.

Argamassa AC-II

A argamassa AC-II tem boa adesividade e resistência à variação de temperatura e, por isso, é indicada para os pisos e parede, tanto em ambientes externos quanto internos;

Argamassa AC-III

A argamassa AC-III tem aderência superior às anteriores, sendo recomendada para uso em pisos e paredes externas com exposição à elevada temperatura ou condições mais severas de ventilação, o que inclui as saunas e churrasqueiras, por exemplo.

Agora que você já sabe os diferentes tipos de argamassa que existem no mercado, será capaz de escolher a que se ajusta melhor à sua construção. Já descobriu de qual delas vai precisar em sua obra? Ou tem alguma outra dúvida? Dê sua opinião, escreva seu comentário!

Entenda o que é argamassa e qual a função dela no projeto da sua casa

Segundo a Norma Brasileira NBR 13529 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), a argamassa é “uma mistura homogênea de agregado(s) miúdos, aglomerante(s) inorgânicos e água, contendo ou não aditivos ou adições, com propriedades de aderência e endurecimento”. Não entendeu uma palavra do que isso significa? Em resumo, podemos dizer que argamassa é a mistura de cimento, areia, cal e água, e sua principal utilização é ter a função de cola para unir os materiais da sua construção. Quer saber mais sobre o que é a argamassa e qual a função dela no projeto da sua casa? Continue lendo!

Qual é a função da argamassa?

Basicamente, a argamassa trabalha como elemento aderente entre os materiais, fazendo o trabalho de uma cola. Vale destacar que isto é necessário em várias etapas da obra. Para a execução de uma parede de alvenaria, por exemplo, os blocos ou tijolos são assentados com a utilização de argamassa entre eles e, sem ela, a estrutura não se manteria “de pé”. E a cerâmica da parede do seu banheiro? Você já parou para pensar como que ela foi “colada” ali? Entre a cerâmica e a parede, existe uma camada de argamassa também. O mesmo ocorre quando o vizinho esbarra o carro no pilar da garagem e quebra um pedaço. Como tampar? Que material poderia “grudar” naquele buraco? Sim, a argamassa! Percebeu o quanto esse material é importante no projeto da sua casa?

Quais são as características da argamassa?

Como visto acima, a argamassa possui vários tipos de aplicação, e, para cada um destes tipos, ela sofre algum tipo de alteração em suas propriedades para melhor atender à demanda. As principais alterações são: a variação do traço, que consiste na proporção de cada material que compõe a mistura; e a aplicação de aditivos com determinadas propriedades, como, por exemplo, aditivos impermeabilizantes ou aditivos que melhoram a consistência da massa.

A argamassa é muito utilizada devido à facilidade de trabalhar. Assim como o concreto, ela tem uma fase inicial plástica, o que possibilita uma melhor usabilidade, e, com o tempo, ela adquire resistência, resiliência e durabilidade, assumindo, assim, o papel final de união dos materiais da construção.

Existe mais de um tipo de argamassa?

Antigamente as argamassas eram todas feitas na obra, mas, hoje em dia, temos acesso às argamassas industrializadas, o que trouxe um enorme ganho para as construções. Esse ganho veio, em primeiro lugar, com relação ao custo, uma vez que, ao elaborar a mistura na obra, há desperdício de material e demanda de muito tempo de profissionais. Em segundo lugar, com relação à segurança, já que com a argamassa industrializada temos garantia de qualidade e quantidade de cada material que foi utilizado para a execução da mistura. Por último, podemos citar a facilidade: é possível comprar a argamassa específica para qualquer tipo de serviço, sendo preciso apenas misturá-la com água e aplicá-la no local.

Desta maneira, temos no mercado produtos para cada tipo de aplicação. Podemos comprar argamassa para assentamento de alvenaria, para assentamento de cerâmica, argamassa para contrapiso e assim por diante. São várias as disponibilidades do material  e a JOFEGE Mix oferece todos os tipos de argamassas que você vai precisar usar em qualquer tipo de obra.

Como você pode ver, a argamassa é de extrema importância em nossas construções, e, desta forma, o custo deste material é considerável, portanto devemos ter cuidado, pesquisar e consultar profissionais da área para que possamos utilizar produtos adequados para cada tipo de serviço.

Você já precisou comprar este material e ficou perdido quanto à funcionalidade dele? Ainda tem alguma dúvida sobre a argamassa? Escreva para nós através dos comentários!

Esperamos que nossas dicas tenham sido úteis para você, e fique ligado para mais dicas e notícias aqui no nosso

Blog Que da OBRA JOFEGE!